PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

AGENDA 2013 - RETIRO ROSA DE NAZARÉ


Agenda 2013 - retiro Rosa de Nazaré
Agenda 2013 - retiro Rosa de Nazaré

Caros amigos e conhecidos, 2012 nos trouxe, com maior clareza, o significado da missão do Rosa de Nazaré: um lugar de “recolhimento e silêncio”, no meio da natureza, com o propósito de recuperar a consciência do nosso verdadeiro “ser”.

Desejamos a todos um 2013 que permita perceber e ampliar o caminho para um mundo melhor e irradiar o sentimento de unidade ao nosso redor.

Com a expectativa de nos aproximarmos ainda mais de todos vocês, listamos em seguida breve resumo dos eventos programados para o primeiro quadrimestre de  2013.

Recebam nossos afetuosos e calorosos abraços.

Dino e Maria Rosa
(Coordenação do retiro Rosa de Nazaré)
Fevereiro 1, 2 e 3:
“Nossas bases humanas e o cosmo que nos acolhe”

+ informações com: flaviafaria@palasathena.org.br
Março 1, 2, e 3:
“A paixao pelas danças”, com Peter Vallance
Peter Vallance volta ao Rosa de Nazaré, no ano da comemoração do seu 30º aniversário de atuação nas danças, em Findhorn, celebrando esta paixão com humor e vitalidade e assim revivendo as danças que mais marcaram o seu trajeto como dançarino e focalizador: as danças Célticas, da sua terra nativa, e as tradicionais dos Bálcãs.
+ informações: http://www.rosadenazare.org.br/convites/nazare/
Março 23 e 24:
“Pan-eu-ritmia : Dançando a harmonia do universo”, com Maria Eugênia da Rocha Nogueira
A Paneuritmia é uma dança sagrada que se originou na Bulgária. Como indica o próprio nome da dança (pan = universal, eu = harmonioso e ritmia = derivado de ritmo), os movimentos reproduzem a harmonia do Universo, e ajudam a recriá-la em cada um dos participantes.
+ informações: http://www.rosadenazare.org.br/convites/nazare/
Março de 29 (manhã), 30 e 31 (manhã da Páscoa):
“Iniciação e prática da dança de giro dos dervixes Mevleves”, com Maria Rosa e Maria Marta
A dança de giro dos dervixes Mevleves foi concebida por Mevlana Jalal Al-Din "Rumi" (1207-1273), como uma disciplina espiritual que religa ao infinito a mente do dervixe, possibilitando aproxima-lo a "experiência de Deus"...
+ informações: http://www.rosadenazare.org.br/convites/nazare/
Maio 17, 18 e 19:
“Símbolos e movimentos”, com Maria Rosa de Freitas-Alloni
Astrologia, sonhos e danças: recursos para ampliação do ser. Observar os ciclos dos planetas e suas influências (astrologia*); Recordar os sonhos sonhados e os sonhos que queremos realizar; Danças: símbolos em movimento. (*) cada participante receberá seu mapa natal.
+ informações: http://www.rosadenazare.org.br/convites/nazare/
www.rosadenazare.org.br 
Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG