PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

1º Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas é marcado por semana de mobilização no Brasil

Foto: UNODC
O Cristo Redentor no Rio de Janeiro, a esplanada dos ministérios em Brasília e o Jardim Botânico de Curitiba são alguns dos monumentos, pontos turísticos e cartões postais ao redor do Brasil, que foram iluminados de azul em homenagem à Campanha Coração Azul, para marcar o 1º Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas comemorado em todo o mundo nesta quarta-feira, dia 30 de julho.
O Cristo Redentor foi o primeiro monumento a receber a iluminação especial na noite de segunda-feira (28), quando foi palco da abertura da Semana Nacional de Mobilização pelo Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. Após um ato celebrado pelo arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e o representante do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) no Brasil, Rafael Franzini, apresentaram um novo relatório com dados inéditos sobre o crime no País.
Para demonstrar apoio às vítimas e promover a conscientização sobre o crime no 1º Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, a Campanha Coração Azul está convocando pessoas do mundo inteiro a postar uma foto nas redes sociais fazendo um coração com as mãos e a usar as hashtags #igivehope e #coraçãoazul.
Saiba mais sobre este assunto no link: http://goo.gl/gweuAU
Fonte: ONU. Blog parceiro cadastrado.

Seja leal. Respeite os direitos autorais. 
Conheça mais. Siga os blogs e faça uma visita. Terei prazer em recebê-lo: artigos e anotações sobre questões de Direito, dúvidas sobre Português, poemas e crônicas ("causos"): https://plus.google.com/100044718118725455450/about.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar. 

Maria da Glória Perez Delgado Sanches

Amamentação é a forma ‘mais simples, inteligente e barata’ de alimentar o bebê, afirma UNICEF

O UNICEF alerta que menos da metade dos recém-nascidos do mundo podem beneficiar-se da amamentação exclusiva materna. Foto: UNICEF/Holt
O melhor gesto que uma mãe pode fazer para seu recém-nascido é amamentar – um ato que ajuda muito mais do que a própria sobrevivência das crianças, mas também ajuda os bebês crescerem com benefícios que duraram por toda a vida, disse a mensagem inicial da ONU para a Semana Mundial de Amamentação, comemorada entre os dias 1 a 7 de agosto em mais de 170 países e que destaca o papel vital que a amamentação desempenha na vida das crianças.
“A amamentação imediata na primeira hora de nascimento poderia evitar a morte desnecessária de uma em cada cinco crianças. Esse número significa mais do que 500 mil crianças a cada ano. Mais de 1.500 crianças todos os dias”, disse o diretor-executivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Anthony Lake.
Porém, apesar de ser a maneira mais simples, mais inteligente e mais barata de criar crianças mais saudáveis, o UNICEF alerta que menos da metade dos recém-nascidos do mundo podem beneficiar-se desse tipo de dieta. Menos ainda são aqueles que conseguem ser amamentados exclusivamente com o leite materno durante os primeiros seis meses.
Para mudar essa tendência, o UNICEF ressalta a importância de mudar práticas sociais, trabalhando em primeiro lugar com comunidades e famílias para incentivar que mais mães possam amamentar aos seus filhos.
“O aleitamento materno é o fundamento de uma boa alimentação, reduzindo o risco de desnutrição na primeira infância e o risco de obesidade na vida adulta. Ao apoiar a nutrição e fortalecimento do vínculo entre mãe e filho, a amamentação também apoia o desenvolvimento saudável do cérebro”, acrescentou Lake.
Fonte: ONU. Blog parceiro cadastrado.
Seja leal. Respeite os direitos autorais. 
Conheça mais. Siga os blogs e faça uma visita. Terei prazer em recebê-lo: artigos e anotações sobre questões de Direito, dúvidas sobre Português, poemas e crônicas ("causos"): https://plus.google.com/100044718118725455450/about.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar. 

Maria da Glória Perez Delgado Sanches

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG