PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

sexta-feira, 29 de julho de 2016

LACRES DE LATAS DE ALUMÍNIO PODEM SER TROCADOS POR CADEIRA DE RODAS? Lenda ou verdade.


     Desde que me conheço por gente ouço falar em juntar lacres (ou anéis) de latinhas de cerveja, refrigerante ou suco para trocá-las por cadeiras de rodas. Mais de uma vez colaborei, atendendo o bom propósito.

LENDAS EM TODO O MUNDO

     A crença na valorização dos anéis pela indústria de alumínio existe no mundo inteiro. Em cada lugar seria possível trocar lacres por...

quinta-feira, 21 de julho de 2016

O BOM HUMOR MELHORA A SAÚDE, O RELACIONAMENTO E A PRODUTIVIDADE. Doutores da Alegria: o bom humor deve acontecer agora.

Se é sabido que o bom humor é fundamental para a cura, por que não adotá-lo no nosso dia a dia?

     A ciência comprova que o bom humor age sobre o sistema imunológico, a recuperação, alivia dores e produz "milagres".
     Realizadas mais de um milhão de visitas a crianças hospitalizadas, o trabalho da ONG se expandiu para escolas e empresas, uma vez que a alegria contribui para a melhor...

terça-feira, 19 de julho de 2016

IBAMA ULTRAPASSA 70 MILHÕES DE FILHOTES DE QUELÔNIOS SOLTOS.


Graças ao projeto, esses quelônios não figuram na lista nacional de espécies ameaçadas de extinção

     O Programa Quelônios da Amazônia - PQA ultrapassou nesse ano a marca de 70 milhões de filhotes de quelônios soltos nos rios da bacia amazônica e Araguaia-Tocantins.
           Fruto de um trabalho realizado desde 1979, O PQA atua na proteção e uso sustentável dos quelônios amazônicos. 
     As principais espécies manejadas são a tartaruga-da-amazônia, o tracajá e o pitiú. São números como esse que colocam o PQA como um dos maiores programas de conservação de fauna...

segunda-feira, 18 de julho de 2016

"COMO AMANSAR UM SIBITO (OU CAMBACICA)": NÃO INCENTIVE O TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES. ISSO É CRIME E UMA COVARDIA.

Pesquisando sobre hábitos do cambacica (ou sibito), descobri muitos fazedores de armadilhas para caçar passarinhos, ou seja, traficantes.

     Há quem viva disso, porque há, do outro lado, quem se interesse e compre arapucas e animais apreendidos. Você pode encontrar muitos vídeos na internet, inclusive no youtube, sobre gaiolas, arapucas e, inclusive, "como amansar um sibito".
     Capturar passarinhos, além de crime, é atentar contra a natureza, um ato de egoismo e covardia. Tê-los em casa, idem.
     Aquele que os prende em gaiolas pode até ter bons propósitos, mas...

DEIXE A VIDA FLUIR E NÃO COMPLIQUE. DESAPEGUE-SE!!

Tudo fica mais fácil quando a gente não complica as coisas.

     As coisas sempre acabam se encaixando da melhor maneira, no tempo certo.
     Nós é que nos angustiamos, nos tornamos ansiosos, porque as coisas não se deram no "nosso"...

sexta-feira, 15 de julho de 2016

FAMA ENTRE A POPULAÇÃO ALADA CAUSA EFEITOS COLATERAIS. A gente até desaprende a contar.

     Com casinha, comedouros e bebedouros, além de muitas flores e frutíferas (que no inverno pouco florem e nada frutificam), é natural que meu quintal seja habitado por bandos de passarinhos: bem-te-vis, sanhaços, saí (ou saíra) azul, canários, sibitos ou cambacicas, tiês-sangue, pica-paus brancos e pica-paus do campo, anuns, beija-flores,lavadeiras, corruíras e guriatãs ou gaturamos (A-ah! Passarinhando eu aprendo os nomes, devagarzinho). 
     Isso sem contar as tesourinhas, corujas, gaviões, quero-queros e garças,...

ADOTAR ANIMAIS DE ABRIGOS. QUE TAL UMA VISITA AO CANIL DA PREFEITURA E ADOTAR UM AMIGO?

   Adotar um cão ou gato é ter uma vida mais rica, é levar para casa alguém que vai compartilhar com você e sua família experiências todos os dias, enquanto houver vida. Depois, ficarão as lembranças, divertidas, ternas, únicas e inesquecíveis.

   Existem diferenças entre comprar um filhote ou adotar um animal adulto em um abrigo? 

O filhote cresce

     É claro! Ao adotar (ou comprar) um filhote de raça, você estará levando um produto com padrões de antemão conhecidos, que podem ser (e serão) alterados com a disciplina (ou a falta dela - a sua disciplina em domesticar o animal). 
     O bichinho cresce- enquanto sapatos são destruídos e pés de móveis roídos -, é parte da família, mas perde aquela graça inicial de filhote: grandes olhos e orelhas...

segunda-feira, 11 de julho de 2016

ÁGUA COM AÇÚCAR FAZ MAL PARA BEIJA-FLORES?

Os bebedouros caseiros podem prejudicar beija-flores? Mitos e verdades.

    Água com açúcar atrai beija-flores e é adorável ver os passarinhos no quintal, atraídos pelo néctar. 

     Pesa a indagação: estaríamos fazendo um bem ou um mal às avezinhas?



     Tenho um grande quintal com muitas plantas e flores e todos os dias sirvo aos passarinhos que nos...

terça-feira, 5 de julho de 2016

SÓ POR HOJE

"Só por hoje: não se zangue, não se preocupe, seja grato, trabalhe com diligência, seja gentil para as pessoas."

     A frase, na capa de meu caderno, no trabalho, convida-me a abençoar meu dia com atitudes positivas.
     Escrevi em um momento de boa disposição, há meses, e apenas hoje voltei a ler a declaração. Soa-me como os propósitos de ano novo.  
     Entretanto, a frase tem algo mais. Ela não...

segunda-feira, 4 de julho de 2016

COMO ACABAR COM UM RATO MUITO, MUITO INTELIGENTE. Parte final. Jerry, você perdeu.

     Há dias descobrimos que nossa casa tinha um hóspede indesejado.

     Depois das fases de surpresa e consciência, passamos ao planejamento. Necessário, pois o rato não sucumbiu nem às ratoeiras, nem à gaiola. 
     Pedacinhos de queijo deixados em pontos...

sexta-feira, 1 de julho de 2016

COMO ACABAR COM UM RATO MUITO, MUITO INTELIGENTE. Ok, Jerry, dez a zero pra você. Mas você vai cometer o próximo erro.


     À noite, fechamos a porta do quarto de visitas, por causa do frio. Depois de um tempo, um ruído, como se a porta estivesse sendo chacoalhada, arranhada. Abrimos, nada.

     Fechada, o barulho voltou. Nova revista e nenhum sinal.
     No dia seguinte e no outro a experiência se repetiu e chegamos à conclusão de que a casa era assombrada. Fazer o quê? Bíblia aberta, flores, perfume, uma oração, pesquisa na internet e...

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG