PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

terça-feira, 26 de setembro de 2017

QUAL O PORTÃO IDEAL: DE MADEIRA, ALUMÍNIO, FERRO, AÇO? Escolher modelo e material basta?

QUAL O PORTÃO IDEAL: MADEIRA, ALUMÍNIO, AÇO OU FERRO?
QUAL O MELHOR MATERIAL? QUAL A RELAÇÃO CUSTO-BENEFÍCIO? No litoral, portão de ferro é uma aberração, pois não tem como durar: a maresia acaba rapidamente com ele. Se detona concreto, cria limo em telhas, o que... 

QUAL O MELHOR MATERIAL? QUAL A RELAÇÃO CUSTO-BENEFÍCIO?

Portão de ferro

Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurançaNo litoral, portão de ferro é uma aberração, pois não tem como durar: a maresia acaba rapidamente com ele. Se detona concreto, cria limo em telhas, o que dirá com aquilo que enferruja! O ar é úmido demais para o ferro: grades, móveis de jardim, qualquer coisa exposta ao tempo.

Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurança
Mesmo em outras regiões, precisará de manutenção, como lixamento, zarcão e pintura, para evitar ou eliminar áreas carcomidas.

Portão de madeira: verniz, tinta e óleo queimado


Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurançaO portão de madeira, qualquer que seja ela, precisará de manutenção, anual ou bianualmente: lixa, tintas ou vernizes. 

O Wladimir, amigo e colega de trabalho, passa, uma vez por ano, óleo queimado; seu vizinho, a cada seis meses. Funciona e sai muito barato. Basta um pincel ou uma broxa e pedir o produto em um posto de gasolina ou loja de produtos para motocicletas.

Experimentei em uma porta que, exposta ao sol e à chuva, estava sendo muito judiada.  O verniz estava descascando e resolvi tirar tudo. Com o óleo queimado, ganhou vida e está mais conservada. 

Gostei do resultado. Contava que fosse ficar um cheiro ruim por uns dias, mas isso não aconteceu. 


GOSTOU? COMPARTILHE.

Portão de aço

Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurança
O portão de aço é durável, requer menos manutenção mas é muito mais caro; melhor o aço, maior o preço, se bem que o custo-benefício possa valer a pena. O problema é o bolso.

Portão de alumínio

Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurançaPor fim, o portão de alumínio requer menor manutenção, mas costuma ser muito leve. Prefira os revestidos com placas, se a intenção é, além de vedar, proteger seu imóvel.
E alumínio mancha. Mancha, mesmo. Para conservá-lo mais bonito, costuma-se passar vaselina e esfregar. Funciona.


SEJA LEAL. NÃO COPIE, COMPARTILHE.


OUTROS CUIDADOS NA ESCOLHA DO PORTÃO

O entorno

Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurançaEntretanto, não basta escolher material e modelo; é preciso estar atento ao entorno. Como é sua vizinhança?

Um conhecido nosso, morador da mesma casa há dezoito anos, jamais havia sido roubado ou furtado. Bastou trocar o portão para, em uma semana, ter sua casa visitada pelos ladrões.

Pudera! Era o portão mais bonito da rua!


Pense no portão como no espaço onde você estaciona seu carro. Você não deve estacionar seu veículo entre outros, de valor muito menor. O ideal é que o seu "se perca" entre os outros, visualmente, se equilibre e não ganhe destaque.

Se nunca pensou nisso, imagine um ladrão passando na rua. Bate os olhos e pensa: "Carrão de bacana!"
Assim a sua casa. Para que destacar ela da casa dos vizinhos? Ela pode ser muito bem cuidada, mas não um atrativo para os amigos do alheio.

Portões de alumínio: 

Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurançaPortões de alumínio são visados pelos meliantes. 

Se a casa estiver em uma rua calma, sem saída, o risco é maior. Ainda não levaram o portão de minha cunhada, que é de alumínio, mas certa vez, meu sobrinho encontrou o carro dele sem nenhuma das rodas. E isso aconteceu em uma tarde!

Aberturas

Como escolher o portão ideal? Madeira, ferro, alumínio; modelos, segurançaEm toda parte leio a mesma coisa: é necessário deixar aberturas, para que se veja, do exterior, o quintal. A medida seria recomendada porque, se alguém entrar, na rua saberão o que está acontecendo.

Entendo que cada caso é um caso e deve ser estudado à parte.

De minha parte, penso em "quem está dentro deve poder ver quem está fora", não o contrário. 
Para tanto, buraquinhos não adiantam, porque alguém pode xeretar o interior e você não sabe que está sendo observado.

Ou tudo, ou nada.

Mais de bom senso e pensar caso a caso?

Furtaram uma proteção contra insetos em uma casa (aquele rodinho, instalado embaixo da porta), em rua com pouco movimento. Tiveram a pachorra de desparafusá-lo. Qual o valor comercial do utensílio? Quase nenhum.

veda_porta_rodo para porta de madeira
No Ipiranga, bairro paulistano, em uma casa ao lado de uma grande igreja, rua com movimento intenso, os moradores mantém uma cobrinha de areia do lado de fora da porta e ninguém furta; em uma avenida, em Itanhaém, também com grande fluxo de pessoas e automóveis, vários imóveis têm o mesmo rodinho, ignorado pelos meliantes.

Por um lado, têm coisa melhor para fazer, por outro, dá muito trabalho.

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SEMPRE É POSSÍVEL MELHORAR

 

Pude ser útil?
Se sim, visite, compartilhe os blogs e acompanhe as publicações.
Se não, estou à disposição para esclarecer qualquer dúvida. Basta escrever, ok?
Um abraço, obrigada pela visita e fique à vontade.

 Obrigada pela visita!

QUER RECEBER DICAS? SIGA O BLOG. 

SEJA LEAL. NÃO COPIE, COMPARTILHE.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Respeite o direito autoral.
Gostou? Clique, visite os blogs, comente. É só acessar:

CHAPÉU DE PRAIA

MEU QUADRADO

"CAUSOS": COLEGAS, AMIGOS, PROFESSORES

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS
PRODUÇÃO JURÍDICA
JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (O JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS)

e os mais, na coluna ao lado. Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Um abraço!
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week! 

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches
Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG