PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

O "SOCORRO, MANHÊ!" FOI SUBSTITUÍDO PELO "SOCORRO, GOOGLE!" SEGREDO DO BOLINHO DE CHUVA

A coisa é meio mágica. 
Antigamente, no desespero da cozinha, quando uma coisa não dava certo, a gente apelava: "Manhê!!!!"
Depois, sem ela para ajudar, o jeito era se virar. 
Aprendi a fazer bolinho de chuva há muito tempo, quando minha menina era criança - e o marido adorava.
Cresceu ela, casou e mora longe. Não gosto de frituras e os bolinhos ficaram no passado... até agora.
Semana passada o marido pediu e de pronto atendi. Perfeito!
Hoje, pediu de novo, e o bolinho ficou cru por dentro (experimentei um antes de fritar o resto). Ai, meu Deus!
Toca a adicionar leite: cru.
Mais farinha, ovo: cru.
"Google!"
"Você tem que deixar o óleo ficar bem... (clique em "mais informações" para ler mais)

DO JORNALISTA RICARDO BOECHAT, HÁ POUCO: "MAS ACHO QUE CHEGUEI A UMA CONCLUSÃO..."

Haja paciência. Até os jornalistas estão saindo da linha. Agora há pouco ouvi do Boechat, no Jornal da Band: "Mais uma vez chego à conclusão de que foi minha mãe, Dona Mercedes, quem roubou esse dinheiro... ... (clique em "mais informações" para ler mais)

INFORMATIVO Aedes Aegypti: os animais que mais matam seres humanos são os mosquitos

Não são tubarões, cobras, tigres ou leões os animais que mais matam seres humanos no planeta, são os mosquitos. A espécie denominada Aedes Aegypti tem causado grandes problemas relacionados à saúde pública no Brasil. Seu nome, proveniente do grego e latim, já carrega sua má fama: significa “odioso do Egito”, fazendo referência ao país do norte da África de onde é nativo.
É chamado de “vetor” (condutor), pois, quando infectado, pode transmitir diferentes vírus causadores de... (clique em "mais informações" para ler mais)

INHAME: CREMES, TAPIOCA OU PANQUECA E RECHEIO DE TORTAS (MAIS MOLHADINHAS E NO PONTO CERTO). Um vegetal muito versátil


Tenho inhame em casa porque a planta é linda - folhagem vistosa em formato de corações - e porque gosto do creme.
Plantei o primeiro pé e, depois de quase um ano, com amigos em casa, teríamos churrasco, "só pra variar", mas não havia batatas para acompanhamento. 
Fui até aquela primeira planta, sob a...  (clique em "mais informações" para ler mais)

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG