PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

E SE SUA CAMA VIRASSE UM BANCO? A MINHA VIROU. QUER SABER MAIS? VEJA COMO FAZER

Saiba o passo a passo para transformar sua cama em um bancoEntão nos apaixonamos por Itanhaém e compramos a casa, com um terreno enorme (para uma casa), pela qual também nos apaixonamos. 
Planta, reforma, quebra, mexe e remexe e passaram-se três anos, consegui a permuta e nos mudamos. O que fazer com a cama de casal de São Paulo? 
Saiba como fazer. Passo a passo para a transformaçãoÉ óbvio, um belo banco! Primeiro, ... (clique em "mais informações" para ler mais)

POR QUE "TROCANDO EM MIÚDOS"? PORQUE "PRONTO, FALEI" NÃO SOAVA ASSIM TÃO BOM. POR QUE "PRONTO, FALEI"?

Maria da Glória Perez Delgado Sanches; Pronto, Falei; Trocando em Miúdos: espaço interativo, jardinagem, experiências, faça você mesmo
Era eu, o meu e meu nome. Não estava feliz e queria inovar, como nome de criança, que a gente estuda antes de colocar. Ter um nome especial, que fosse a cara dela. Mas o produto saiu antes do batismo e veio o "PRONTO, FALEI".
Não gosto de falar sozinha. Quero compartilhar, trocar. Se dou e recebo, tanto, por que, então, "PRONTO, FALEI"? Não  tinha cabimento. 
Quebrei a cabeça mais um pouco e o nome saiu: "TROCANDO EM MIÚDOS". Porque este espaço é... (clique em "mais informações" para ler mais)

BERINJELA, UMA TENTAÇÃO: CONSERVA, SALADA, PATÊ, PIZZA, LASANHA, EMPANADA. E SORVETE DE BERINJELA, SIM SENHOR!

Beringela em conserva, salada, refogada, empanada, à milanesa, na pizza, como lasanha, patê e sorvete de berinjelaPoucos legumes são tão versáteis como a berinjela: em conserva, salada, refogada, empanada, à milanesa, na pizza, como lasanha, patê.
Talvez, o que mais a ela se equivalha, no quesito variedade, seja o tomate.
Existem diversas maneiras de prepará-la como salada. Uma sugestão é picar a berinjela e deixá-la de molho, por algumas horas, em água e um pouco de vinagre ou limão. Depois e só espremer e temperar com sal,... (clique em "mais informações" para ler mais)

CARDÁPIO DE HOJE: SAÚDE NATURAL. OU: TUDO TIRADO DA HORTA. ESTÁ SERVIDO?

Uma horta em casa é sinônimo de verduras e legumes frescos, que  nos cobram, apenas, um pouco de dedicação, de forma constante.
Refogados de serralha e caruru, migauri no molho inglês, patê de cenoura e macarrão alho e óleo. 
À tarde, sanduichinhos feitos com patê de beringela e folhas de rúcula. 
Depois, a banana.
O pequeno quintal pode ser uma cornucópia gigante, fonte de frutas, verduras e legumes em abundância. É preciso, apenas, um pouco de pesquisa (se tivesse uma mangueira e um abacateiro não teria espaço para quase nada mais) e muito carinho. Se planto espécies não nativas ou com reprodução cruzada posso aguardar anos e... (clique em "mais informações" para ler mais)

UM JARDIM CAPRICHADO, FEITO COM PEDRAS: POUCO DINHEIRO, MUITA CRIATIVIDADE. SIMPLES ASSIM.

Para ter um belo jardim não é preciso rios de dinheiro, mas criatividade.
Essencial, para... (clique em "mais informações" para ler mais)

SERRALHA: COMESTÍVEL, MEDICINAL E DELICIOSA. ESTÁ SERVIDO?

Serralha é uma verdura daquelas que nem precisamos plantar e é muito apreciada por quem mora (ou morou) na roça. Nasce espontaneamente, pela ação do vento.
Rica em vitaminas (A, D, E), ferro, cálcio e fósforo, é adstringente, tem efeito anti-inflamatório, antioxidante, desintoxicante e no combate ao câncer.
Curioso é que, como o caruru (ou bredo, como é conhecido no nordeste), é considerada erva daninha para... (clique em "mais informações" para ler mais)

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG