PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

NÃO PODERÁS AJUDAR AOS HOMENS DE MANEIRA PERMANENTE SE FIZERES POR ELES AQUILO QUE ELES PODEM E DEVEM FAZER POR SI PRÓPRIOS. Abraham Lincoln



Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais.

PASSARINHO NO FIO





Passarinho no fio
É quase uma nota.
Canta e decora a pauta
Que falha, na quinta linha.
Linha que não destoa
Porque você está ali.
Canta, passarinho
E me encanta com seu canto!




Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais.

ONU inaugura no Rio de Janeiro centro de excelência para políticas de desenvolvimento sustentável

Administradora-adjunta do PNUD, Rebeca Gryspan, e o coordenador do RIO+, Rômulo Paes. Foto: UNIC Rio/Julia Dias

Administradora-adjunta do PNUD, Rebeca Gryspan, e o coordenador do RIO+, Rômulo Paes. Foto: UNIC Rio/Julia Dias
As Nações Unidas inauguraram nesta segunda-feira (24) o RIO+, um centro internacional de excelência em políticas e práticas de desenvolvimento sustentável, na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.
Legado da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), o escritório vai facilitar a pesquisa, o intercâmbio de conhecimentos e promover o debate internacional sobre o desenvolvimento econômico, social e ambiental, integrando governos e sociedade civil.
Com um aporte de 4,5 milhões de dólares arrecadados na Rio+20 e com 26 parceiros em diversos níveis, o centro mundial funcionará inicialmente no

DILMA PODE, SE QUISER, SE TRANSFORMAR NA MELHOR PRESIDENTE (PRESIDENTE) QUE ESTE PAÍS JÁ TEVE

Está aí um desafio: o povo clama, nas ruas, por mudanças.
Os internautas, exaltados nas redes sociais, exigem corte no desperdício, fim da corrupção, investimento no necessário (saúde, educação, transporte, segurança), rejeição à PEC 37.
Na sexta-feira, comentando sobre as passeatas, nosso juiz afirmou que a presidente Dilma tem, hoje, excelente oportunidade nas mãos. E é verdade: ela pode se tornar imortal, grande. Basta que tome a frente, tenha iniciativa e arregace as mangas. 
O primeiro corte deveria ser na assessoria. Chega de apaniguados! É muita verba para nada fazerem. 
Seja prática!
Corte de verbas, já! Não no funcionalismo, formado de gente concursada. Corte os assessores. Corte as despesas com viagens e propaganda (de quê????). Corte o que a faria indignada, se em nosso lugar estivesse. Afinal, se um dia foi uma jovem atuante política, sabe da revolta deste povo: entre a vida mal vivida e a busca por um futuro melhor, pelo orgulho de se fazer alguma coisa, existem ideais a serem perseguidos. 
Corte de

Não é preciso mudar Constituição para fazer reforma política, diz OAB

Para presidente da OAB, projeto de lei seria alternativa mais eficaz

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinícius Furtado, afirmou nesta segunda-feira (24) que não é necessário mudar a Constituição para fazer uma reforma política.

A presidente Dilma Rousseff apresentou proposta de convocação de um plebiscito para que o eleitorado decida sobre a instalação de um processo constituinte específico destinado a fazer a reforma política.

Na avaliação de Furtado, um plebiscito seria "energia gasta [...] sem necessidade". "É muita energia gasta em algo que pode ser resolvido sem necessidade de mexer na Constituição. Basta alterar a Lei das Eleições e a Lei dos Partidos. É isso o que queremos com o projeto de lei de iniciativa popular, que já está pronto, de reforma política. É prático e direto. Acaba com o financiamento de campanhas por empresas e define regras para eleições limpas", disse em nota o presidente da OAB.

Furtado citou...

NÃO PARA! NÃO PARA! NÃO PARA! O MOVIMENTO POPULAR NÃO DEVE PARAR. Juiz alerta para necessidade de fiscalização de gastos de campanha

As propagandas partidárias que estão indo ao ar, em vez de difundir programas partidários e divulgar temas de interesse político da sociedade, têm sido usadas principalmente para fazer o que a lei expressamente veda: a campanha de seus pré-candidatos. O administrador público, em vez de investir em eficiência, investe em propaganda

O juiz Luiz Márcio Victor Alves, representando a Escola Nacional da Magistratura (ENM), enfatizou em sua exposição na audiência pública realizada pelo Supremo Tribunal Federal a necessidade de fortalecimento dos instrumentos de fiscalização, pela Justiça Eleitoral, dos gastos de campanha. Com 16 anos de exercício na Justiça Eleitoral, o magistrado lembrou que, no Brasil, as campanhas começam muito antes das convenções partidárias e registros das candidaturas, como prevê a lei. “No momento, a campanha de 2014 já está na rua”, afirmou. “E quem a financia? De onde vem essa verba?”

Sua afirmação se dá diante da...

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG