PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

ONU inaugura no Rio de Janeiro centro de excelência para políticas de desenvolvimento sustentável

Administradora-adjunta do PNUD, Rebeca Gryspan, e o coordenador do RIO+, Rômulo Paes. Foto: UNIC Rio/Julia Dias

Administradora-adjunta do PNUD, Rebeca Gryspan, e o coordenador do RIO+, Rômulo Paes. Foto: UNIC Rio/Julia Dias
As Nações Unidas inauguraram nesta segunda-feira (24) o RIO+, um centro internacional de excelência em políticas e práticas de desenvolvimento sustentável, na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.
Legado da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), o escritório vai facilitar a pesquisa, o intercâmbio de conhecimentos e promover o debate internacional sobre o desenvolvimento econômico, social e ambiental, integrando governos e sociedade civil.
Com um aporte de 4,5 milhões de dólares arrecadados na Rio+20 e com 26 parceiros em diversos níveis, o centro mundial funcionará inicialmente no
Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ) sob direção do governo brasileiro e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).
“Nossa responsabilidade é trazer ideias que signifiquem inovação na maneira de trabalhar do setor privado e dos governos, então, o que a população pode esperar do centro é ousadia, responsabilidade com a mudança, responsabilidade com a melhoria das condições de vida da população e do planeta”, disse o coordenador do RIO+, o brasileiro Rômulo Paes.
Uma das primeiras atividades do escritório será dar prosseguimento às discussões e avaliar as sugestões reunidas através da plataforma dos Diálogos Sustentáveis da Rio+20, que engajaram mais de 12 mil cidadãos e especialistas nas discussões que antecederam a conferência realizada em junho de 2012 no Rio de Janeiro.
O Centro vai trabalhar quatro temas prioritários: clima; erradicação da pobreza; cidades; e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que serão estabelecidos até 2015 para dar continuidade aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).
O RIO+ é criado num momento em que cidadãos de diversos países se mobilizam por meio das redes sociais e tomam as ruas para manifestar desejos de mudança.
“É preciso entender que as redes sociais neste momento, os meios eletrônicos e o avanço da tecnologia permitem hoje em dia ter uma cultura cidadã muito mais ampla e poder ouvir as vozes dos cidadãos do mundo de forma distinta da do passado”, avalia a administradora-adjunta do PNUD, Rebeca Grynspan.
“Trata-se de trazer o setor privado, o setor público, as organizações não governamentais, mas também trazer a voz dos cidadãos que neste momento são atores, não receptores, das transformações que queremos para o futuro”, acrescentou Grynspan.
A administradora-adjunta lembrou que a agenda pós-2015 está sendo debatida não apenas por governos, mas por meio de consultas públicas que já receberam a contribuição de mais de 560 mil pessoas de todo o mundo. Só no Brasil, mais de 16,2 mil pessoas apontaram suas prioridades de desenvolvimento – a maior contribuição registrada na América Latina.
Fonte: ONU. Blog parceiro cadastrado.
Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais. Faça uma visita aos blogs disponíveis no perfil: artigos e anotações sobre questões de Direito, Português, poemas e crônicas ("causos"): http://www.blogger.com/profile/14087164358419572567.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Membro Correspondente da ACLAC – Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo, RJ.

Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG