PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

sexta-feira, 24 de abril de 2015

RELATÓRIO DO BANCO MUNDIAL AFIRMA QUE BRASIL PRATICAMENTE CONSEGUIU ERRADICAR A EXTREMA POBREZA

Em 20 anos, cerca de 60% dos brasileiros passaram a ter um nível de renda maior Foto: Banco Mundial/ Mariana Kaipper Ceratti
Em 20 anos, cerca de 60% dos brasileiros passaram a ter um nível de renda maior
“De 1990 a 2009, cerca de 60% dos brasileiros passaram a um nível de renda maior. Ao todo, 25 milhões de pessoas saíram da pobreza extrema ou moderada”, afirma o documento.
“Quando eu era jovem, os pobres não tinham nenhuma oportunidade. Hoje, acho que o Brasil está... (clique em "mais informações" para ler mais)
menos desigual. Dois dos meus netos, por exemplo, conseguiram fazer faculdade e agora estão formados”, conta a empregada doméstica aposentada Maria de Souza Moreira, 80 anos, enquanto espera um ônibus na rodoviária de Brasília, a apenas 3km do palácio presidencial.
A impressão é comprovada em números e análises em um novo relatório do Banco Mundial.  “Prosperidade Compartilhada e Erradicação da Pobreza na América Latina e Caribe” mostra que o Brasil conseguiu praticamente erradicar a extrema pobreza, e o fez mais rápido que os países vizinhos. Para completar, o país acabou puxando para cima o desempenho da região como um todo.
“Entre 2001 e 2013, o percentual da população vivendo em extrema pobreza caiu de 10% para 4%”, informa o estudo. “De 1990 a 2009, cerca de 60% dos brasileiros passaram a um nível de renda maior. Ao todo, 25 milhões de pessoas saíram da pobreza extrema ou moderada. Isso representa uma em cada duas pessoas que saíram da pobreza na América Latina e no Caribe durante o período.”
Os autores lembram que, até 1999, os índices de extrema pobreza no país e no resto da região eram parecidos, em torno de 26%. Foi em 2012 que se observou uma redução maior no percentual brasileiro: 9,6%, ante os 12% regionais. Também chamam a atenção os indicadores de mobilidade social nesse período. Atualmente, os do Brasil ficam em terceiro lugar na região, atrás do Chile e da Costa Rica.
O bom desempenho brasileiro se explica por três motivos. Primeiro, pelo crescimento econômico a partir de 2001, bem mais estável que o registrado nas duas décadas anteriores. Segundo, pelas políticas públicas com foco na erradicação da pobreza, como Bolsa Família e Brasil sem Miséria.
Terceiro, pelo mercado de trabalho nacional: no período da pesquisa, aumentaram as taxas de emprego e o percentual de empregos formais (60% em 2012). O relatório ainda aponta a evolução do salário mínimo, que fortaleceu o poder de compra dos brasileiros.
Fonte: ONU. Blog parceiro cadastrado.

Foto: Banco Mundial/ Mariana Kaipper Ceratti

Seja leal. Respeite os direitos autorais. 
Faça uma visita aos blogs. Terei prazer em recebê-lo. Seja um seguidor. Para acompanhar as publicações, clique na caixa “notifique-me”:
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!
Maria da Glória Perez Delgado Sanches

World Bank Report BRAZIL SAYS ALMOST GOT TO ERADICATE EXTREME POVERTY "From 1990 to 2009, about 60% of Brazilians have a higher income level. In all, 25 million people have escaped extreme or moderate poverty, "the report said. "When I was young, the poor had no chance. Today, I think Brazil is ...
Banco Mundial Informe BRASIL DICE CASI CONSIGUIÓ erradicar la pobreza extrema "De 1990 a 2009, aproximadamente el 60% de los brasileños tienen un nivel de ingresos más alto. En total, 25 millones de personas han salido de la pobreza extrema o moderada ", dijo el informe. "Cuando yo era joven, los pobres tenían ninguna posibilidad. Hoy en día, creo que Brasil es ...

10 comentários:

Anônimo disse...

Não sei se a pesquisa da ONU está correta. Vejo ainda mendigos nas ruas e no nordeste e no norte não sei se nos rincões muito longe tem gente ainda morrendo de fome. Sei que nas cidades é difícil e que as pessoas as vezes escolhem morar nas ruas mas para que a estatistica esteja certe é preciso que não tenha mais gente morando nas ruas.
Jorge Macedo Soares

Anônimo disse...

A responsabilidade por tirar o Brasil da conta da miséria é de todo o povo. Parabéns presidenta Dilma pelo projeto bolsa família! Com acertos e erros, saímos da margem negra.
Eduardo Soares

Unknown disse...

Bom dia, Eduardo!
O bolsa família contribuiu para a melhoria do padrão social e econômico da população. Muitos vilarejos vivem daquilo que aposentados recebem e, agora, de tal contribuição.
Obrigada pelo comentário e um abraço!

Unknown disse...

Olá, Jorge, bom dia!
Não há como podermos aferir, nós que vivemos nos grandes centros.
Mas se o bolsa família chegar a tais rincões, com certeza o padrão de vida em tais lugares melhorou. E muito.
Um abraço e um ótimo sábado! Obrigada pelo comentário!

Anônimo disse...

Para que dez famílias saiam da miséria absoluta, outras cem famílias amargam o desemprego do cabeça do casal. Onde está a vantagem de tal aritmética?
Jairo Aguiar

Anônimo disse...

Bom dia Gloria. Desculpa mas os dados não podem estar certos, Desculpa mais isso nao e certo nao concordo com a materia e nao sei de onde vem esses dados so sei que rodo todo brasil e os dados nao condis com a realidade porque tem lugares no Sertao que junto do bolsa familia veio mais bares, e drogas onde nao existia antes e familias inteira come palma pra nao morrer de fome. As obras de irrigacao pararao em 80% do nordeste.
Quem conhece o interiorzao sabe que nao e verdade.
João Antonio Batista

Unknown disse...

Olá, João Antonio!

Os dados foram divulgados pela ONU e não tenho como saber como chegaram a eles ou sua veracidade. O fato é que o bolsa família tem a capacidade de melhorar a vida daquelas pessoas menos favorecidas e deveria, é certo, ser acompanhado por um programa de incentivo à inclusão social, como o desenvolvido por ONGs e cooperativas.
Damos o instrumento para comprar o peixe, mas não a técnica para pescá-lo.
Um abraço, obrigada pelo comentário e um bom dia!

Anônimo disse...

Dá pra acreditar nas estatísticas? Será que não estão maquiadas?
Jorge Salomão

Unknown disse...

Olá, Jorge, bom dia!
Não há como dizer. Teoricamente, o bolsa família, se chega ao destino, consegue reverter o quadro e tirar o Brasil da miséria.
Por outro lado, a classe média vem sentindo os efeitos de uma crise, com o fechamento de postos de trabalho e o encerramento das atividades de muitas empresas, o que é um dado sensível.
Um abraço e obrigada pelo comentário!

Unknown disse...

Olá, Jairo, boa noite!
Acho que a conta não é tão simples assim. Há dinheiro suficiente para investir no fim da miséria e na conservação dos empregos.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG