PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quinta-feira, 26 de março de 2015

FÓRUM DE SÃO LUIZ DO PARAITINGA UTILIZA ENERGIA SOLAR. Bom exemplo, mas uma gota no oceano.

A administração do fórum de São Luiz do Paraitinga deu o exemplo e instalou, gratuitamente (a partir de uma parceria com a concessionária Elektro), placas de energia solar.
É um bom exemplo, mas uma gota no oceano. As placas ainda são muito caras para que a população possa utilizá-las. Se os prédios públicos derem o exemplo, bem como condomínios de apartamentos, a demanda aumentará e, em consequência, o preço do produto, com certeza, vai baixar, assim como o consumo de energia agressiva ao meio ambiente.
Lendo a matéria, percebe-se a preocupação dos administradores com o impacto ambiental: reutilizam água e trocarão as lâmpadas pelas de Led, mais econômicas.

Um exemplo a ser seguido. Tudo o que é vivo, com certeza, agradecerá.
clique na imagem para ampliar
A Comarca de São Luiz do Paraitinga adotou uma
medida sustentável e econômica: o uso de placas solares na cobertura do fórum. A instalação ocorreu em dezembro do ano passado, momento bastante oportuno em razão da crise que o País vive no setor elétrico. Além disso, o Tribunal de Justiça está com a campanha Apague o Desperdício em andamento, para incentivar o consumo consciente nos prédios do Judiciário.
        O uso das placas foi possível graças a parceria com a concessionária Elektro, que fez a instalação sem qualquer custo para o TJSP. O acordo prevê, ainda, a manutenção do sistema e reposição das peças por cinco anos, caso seja necessário. Em julho, também serão substituídas as lâmpadas fluorescentes por outras de Led, equipamento mais econômico.
        As placas transformam luz solar em energia elétrica através de uma tecnologia chamada geração fotovoltaica. Essa energia é usada para o consumo do fórum, evitando, enquanto for suficiente, a utilização da rede tarifada. No caso de geração excedente, a sobra é direcionada à concessionária e fica disponível para utilização pelo prédio por até três anos.
        Para converter a corrente contínua gerada pelos painéis em corrente alternada, igual à utilizada nas residências, é necessário um inversor de potência ligado ao sistema, que controla toda a operação. O volume de eletricidade produzido depende do tempo e intensidade de luz solar que incide sobre os painéis. Quanto mais sol, mais energia. No primeiro mês de utilização do sistema, a medida proporcionou uma redução de 30% no valor da conta de luz.
        A juíza diretora do fórum, Márcia Beringhs Domingues de Castro, destacou a importância da disseminação de métodos sustentáveis: “É uma mentalidade que precisa ser germinada. Novas resoluções para eficiência energética vêm ao encontro das necessidades que o meio ambiente nos impõe. É fundamental que todos adotem as medidas que estiverem ao seu alcance”. A magistrada também contou que o fórum – totalmente digital – utiliza água de reuso para limpeza das áreas externas e dos banheiros.

        Comunicação Social TJSP – AG (texto) / AC (fotos)
        
imprensatj@tjsp.jus.br
Seja leal. Respeite os direitos autorais. 
Faça uma visita aos blogs. Terei prazer em recebê-lo. Seja um seguidor. Para acompanhar as publicações, clique na caixa “notifique-me”:
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG