PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

segunda-feira, 8 de junho de 2015

DICAS DE COMO CULTIVAR ORQUÍDEAS

Você ganhou belas orquídeas e gostaria que elas florissem novamente. O que fazer?

A maioria das orquídeas brasileiras crescem naturalmente fixadas nos troncos das árvores. Como são epífitas, não se utilizam dos nutrientes das árvores, mas usam-nas como suporte.
Pense: se a orquídea nasce e floresce naturalmente em troncos, você, para ter um exemplar bem desenvolvido, deve tentar reproduzir o habitat ideal.
Portanto, é possível amarrar seu exemplar em... (clique em "mais informações" para ler mais)
um tronco ou mantê-lo em um vaso, adaptando o ambiente.

1. Se prefere plantá-las em vasos
Existem vasos no mercado com vários furos, próprios para orquídeas, mas podem ser cultivadas em vasos comuns. Encha o vaso com substrato adquirido em casas que lidam com produtos de jardinagem, acomode a planta e cubra, superficialmente, a raiz.
É importante não regar demais. Uma a três vezes por semana é suficiente, dependendo da umidade do ar. O substrato deve ser mantido levemente úmido, jamais encharcado. 
Instale o vaso em um lugar iluminado, mas onde não haja incidência direta de luz solar (ao menos, não em excesso), como em uma varanda, um pergolado ou sob uma árvore ou arbusto. Podem receber luz direta pela manhã, até as 9 horas ou à tarde, depois das 16:30 horas. Expostas ao sol mais quente, queimarão.

2. Se prefere amarrá-las em troncos

Prefira amarrar com um a tira de tecido ou barbante e não com fio que não se decomponha com o tempo. A explicação é simples: com o tempo, tanto o caule da orquídea como o da planta suporte engrossarão e sua orquídea, que começou a se desenvolver, sofrerá a tensão do fio, o que impedirá seu pleno desenvolvimento.
É possível protegê-la utilizando um pedaço de bucha (a planta - o fruto da planta, que usava-se para limpeza ou o banho) ou fibra de coco.













3.Escolha espécies variadas
Como florem duas a três vezes por ano e cada espécie tem seu ciclo, terá sempre o jardim florido.

4. Mantenha a haste, para ter novas flores 
Você ganhou belas orquídeas. Quando as flores secarem, não retire a haste (o pendão ou galhinho onde floriram). Nela brotarão as orquídeas do próximo ciclo.

5. Exposição ao vento.
Orquídeas apreciam locais arejados, mas que não recebam ventos muito fortes. 


6.Adubação
Em supermercados ou casas de jardinagem vendem adubos para orquídeas que devem ser vaporizados no final da tarde ou início da noite. Nesse período os estômatos estarão abertos, facilitando a absorção de nutrientes.
 7. Produção de mudas
Você pode separar as mudas que produzirem raízes. Cada novo gomo enraizado é passível de separação e transplante.

Seja leal. Respeite os direitos autorais. 
Faça uma visita aos blogs. Terei prazer em recebê-lo. Seja um seguidor. Para acompanhar as publicações, clique na caixa “notifique-me”:
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!
Maria da Glória Perez Delgado Sanches

TIPS AS GROWING ORCHIDS 1. If you prefer to plant them in pots There vessels in the market with various holes, suitable for orchids, but may be grown in ordinary vessels. Fill the pot with substrate acquired in homes that ...
CONSEJOS AL CRECIMIENTO ORQUÍDEAS 1. Si prefiere plantar en macetas
Hay buques en el mercado con varios agujeros, adecuados para las orquídeas, pero pueden crecer en los vasos normales. Llene la olla con sustrato adquirida en los hogares que ...
Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG