PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

MEDICINA X SIMPATIAS + AS VERRUGAS: SAUDADES, DOUTOR!

Consultório médico não é lugar apenas para que se façam consultas agendadas. Presta-se, também, a esclarecer dúvidas, dissipar preconceitos e crendices arraigadas pelo costume familiar.

Já que o profissional estava lá, anotava em um caderninho minhas dúvidas, ou deixava que a conversa fluísse. 

Pergunta vai, resposta vem e a certa altura o doutor comenta que a medicina, às vezes, é menos eficiente do que as crendices. Exemplo é a verruga. 

A medicina pode removê-las, com cirurgias ou ácidos. Ficam, entretanto, as marcas, indeléveis. Por outro lado, se você fizer uma simpatia, a excrescência sai, sem deixar qualquer vestígio. Porém, é preciso acreditar. E isso é um mistérios para a medicina.

Conheço várias simpatias para tirar verrugas: esfregar um pedaço de toucinho ou torresmo e abandoná-lo,
perto de um formigueiro, por exemplo. Depois de deitar o bacon, vire-se de costas e não olhe para trás. Quando o bacon tiver sido devorado pelas formigas, a verruga desaparecerá. O sinal não sai por causa do toucinho ou em função das formigas, mas porque você crê. E acreditar em simpatias sempre foi um problema para mim.

Existem outras, tão comuns e conhecidas como a que citei, como cobrir a verruga com um pequeno esparadrapo e pingar água benta sobre o curativo, todos os dias. Ao final de onze dias, a verruga terá desaparecido. A da cebola: basta esfregar a seiva de um pedaço de cebola todos os dias, até que a verruga desapareça. E ainda a do osso, tão simples: passe um osso (qualquer osso, velho ou novo), pela verruga, por três vezes e jogue-o para trás, sem se virar. Pronto. Em poucos dias, estará livre da protuberância inconveniente.

Há quem acredite que a aplicação de leite da casca de mamão verde, alho, celidônia (a planta andorinha) ou óleo de malaleuca possuem substâncias que podem eliminar verrugas. Para mim, são tão eficazes quanto as simpatias.

Simpatia por simpatia, se o que conta não é o que se faz, mas o credo, invente a sua: cubra a malvada com esferográfica, passe as costas de uma colher, diga à verruga para ir embora.

Tive uma ou outra nos dedos das mãos. Não fiz nenhuma simpatia. Talvez tenha brigado com elas. Sumiram.

Seja leal. Respeite os direitos autorais: se reproduzir, cite a fonte.

Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!
Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais. Faça uma visita aos blogs disponíveis no perfil: artigos e anotações sobre questões de Direito, dúvidas sobre Português, poemas e crônicas ("causos"): https://plus.google.com/100044718118725455450/about.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Membro Correspondente da ACLAC – Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo, RJ.









Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG