PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

MUDANÇA CLIMÁTICA AMEAÇA FUTURAS GERAÇÕES

Ban afirma que mudança climática ameaça gerações
Secretário-Geral fez a declaração na Conferência sobre o Clima, COP 19, na Polônia; ele citou a catástrofe nas Filipinas e disse que as pessoas enfrentam e temem os efeitos do aquecimento do planeta.
Ban Ki-moon na Conferência em Varsóvia. Foto: Pnuma
O Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon alertou que a mudança climática ameaça a geração atual e futura.
A declaração foi feita, esta terça-feira, em pronunciamento na Conferência sobre o tema, COP 19, que está sendo realizada em Varsóvia, Polônia.
Catástrofe
Ban disse que não é preciso olhar muito longe, a catástrofe nas Filipinas serve de exemplo. Segundo o chefe da ONU, "no mundo todo, as pessoas enfrentam e temem a ira do aquecimento do planeta."
Ele afirmou que a ciência é clara, as atividades humanas são a causa principal da mudança climática e não se pode culpar a natureza. Ban lembrou que as emissões dos gases que causam o efeito estufa continuam aumentando e as consequências são profundas.
Gelo
O Secretário-Geral disse que visitou a Islândia no início do ano, país onde as geleiras estão derretendo no ritmo mais rápido do mundo. Segundo ele, se uma ação urgente não for tomada, a Islândia pode se transformar, em breve, numa terra sem gelo.
Ban disse também que visitou a região de Sahel, na África, e que viu uma mistura perigosa de condições climáticas, incluindo uma seca extrema, que ameaça o desenvolvimento e a segurança da área.
Ele demonstrou profunda preocupação com as ações insuficientes dos países para limitar o aumento da temperatura global a menos de 2º C, comparado com o período pré-industrial.
Oportunidades e Progressos
Do lado positivo, Ban falou sobre oportunidades e progressos em várias frentes.
Ele citou iniciativas como a Coalizão para o Ar Limpo e o Clima, a Aliança Global para Fogões Limpos e a Energia Sustentável que estão ajudando a reduzir as emissões de carbono.
Ban explicou que governos e companhias privadas compreenderam que podem ter ganhos econômicos combatendo a mudança climática e a demanda global por energia renovável está aumentando rapidamente.
O Secretário-Geral afirmou que as Nações Unidas estão engajadas em vários setores para reduzir as emissões de carbono e trabalhando para um clima neutro.
Kyoto
Para isso, Ban pediu que os países, que ainda não o fizeram, que ratifiquem a segunda parte do Tratado de Kyoto, acordado na reunião de Doha.
Ele quer que os governos aumentem os financiamentos para o Fundo do Clima e pediu também a criação de uma agenda de ação para enfrentar os desafios do clima para formar a base do acordo de 2015.
Ban Ki-moon convidou todos os chefes de Estado e de governo para a Conferência Climática que acontecerá no ano que vem, na sede da ONU, em Nova York. A reunião vai começar em 23 de setembro, um dia antes da abertura da Assembleia Geral.
Fonte: ONU. Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.
Blog parceiro cadastrado

Foi manchete na revista Valor Econômico de hoje, 20/11: "Mudança climática ocorre a uma taxa alarmante, dizem ONGs".

A notícia reporta-se a sete diretores das mais importantes organizações não-governamentais do mundo em declaração conjunta, em Varsóvia, na Polônia, em comentário sobre a tragédia Filipina da semana passada, e referencia a acusação de vandalismo do governo russo aos ativistas do Greenpeace que foram presos há dois meses enquanto “faziam protestos pacíficos contra a destruição do Ártico”.


Leia com detalhes: http://www.valor.com.br/internacional/3345360/mudanca-climatica-ocorre-uma-taxa-alarmante-dizem-ongs


Seja leal. Respeite os direitos autorais: se reproduzir, cite a fonte.

Conheça mais. Faça uma visita aos blogs disponíveis no perfil: artigos e anotações sobre questões de Direito, dúvidas sobre Português, poemas e crônicas ("causos"): https://plus.google.com/100044718118725455450/about.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Membro Correspondente da ACLAC – Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo, RJ.

Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG