PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

terça-feira, 26 de maio de 2015

BAILARINA DE 10 ANOS PARTICIPARÁ DE SELEÇÃO PARA INTEGRAR ESCOLA BOLSHOI

Um sonho prestes a se tornar realidade. É assim que a bailarina Anna Clara Souza Santos, de apenas 10 anos, se sente ao pensar na possibilidade de participar das aulas oferecidas na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, considerada uma das... (clique em "mais informações" para ler mais)
principais companhias de balé e ópera do mundo. A jovem foi classificada para a audição nacional que ocorrerá em outubro e avaliará técnicas e o perfil dos candidatos para as atividades na instituição, instalada em Joinville (SC).
A jovem ensaia na Oficina de Dança da Prefeitura de Itanhaém quase todos os dias da semana. As atividades iniciaram aos seis anos, quando sonhava em apenas aprender as técnicas, no entanto, não demorou a ceder aos encantos do balé. Ela está animada com o desempenho e, se for selecionada, terá aula com grandes nomes da dança. “Quero me tornar uma profissional. Desta seletiva participam bailarinos de todo o Brasil. É bem concorrido, é uma honra. Minha família está disposta a mudar de cidade se eu passar”, explica a menina.
O Teatro Bolshoi no Brasil é a única Escola fora da Rússia. Suas características foram baseadas na Escola Coreográfica de Moscou, fundada em 1773, com o objetivo de proporcionar aos alunos formação e cultura por meio do ensino da dança, tornando-os protagonistas da sociedade.
A rotina dos ensaios é alternada com as aulas. Para a estudante do 6º ano da E. E. Prof. Silvio Jorge Pollastrini, uma das prioridades para integrar o corpo de baile da Prefeitura de Itanhaém é manter o bom desempenho na vida escolar. “Aqui aprendi muito com a coordenadora Lenisa Rocha e a professora Brenda Galvão. Para estar nas atividades é fundamental apresentar desempenho nas disciplinas da escola e boas notas”, destaca Anna.
O grupo de aproximadamente 300 jovens, com faixa etária de 4 a 12 anos, está matriculado na Rede Municipal de Ensino e realiza os ensaios no Complexo Educacional Harry Forssell. “Estou muito contente com o resultado e, se ela passar, levará o nome da Cidade em uma das escolas mais concorridas do Brasil. É um orgulho tê-la como aluna das aulas de balé”, conclui a coordenadora do balé, Lenisa Rocha. Ela orienta: “Para se tornar uma bailarina é necessário cuidar da alimentação e ser disciplinada”.  

Fonte: Secretaria da Comunicação Social de Itanhaém

Seja leal. Respeite os direitos autorais. 
Faça uma visita aos blogs. Terei prazer em recebê-lo. Seja um seguidor. Para acompanhar as publicações, clique na caixa “notifique-me”:
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!
Maria da Glória Perez Delgado Sanches

10 YEARS OF BALLERINA SELECTION OF PARTICIPATING TO INTEGRATE BOLSHOI SCHOOL A dream about to come true. This is how the dancer Anna Clara Souza Santos, only 10 years, it feels to think about the possibility of participating in classes offered at the School of the Bolshoi Theatre in Brazil, considered one of the ...
10 AÑOS DE LA BAILARINA DE SELECCIÓN DE PARTICIPANTES DE INTEGRAR BOLSHOI ESCUELA Un sueño a punto de hacerse realidad. Así es como la bailarina Anna Clara Souza Santos, sólo 10 años, se siente a pensar en la posibilidad de participar en clases que se ofrecen en la Escuela del Teatro Bolshoi en Brasil, considerado uno de los ...
Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG