PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

terça-feira, 22 de setembro de 2015

O QUE VOCÊ FARIA SE GANHASSE NA LOTERIA? AH! EU SINTO COMO SE JÁ TIVESSE GANHO!


Eu jogo na loteria. 
Não tenho pressa para conferir nem para jogar: faço minha fezinha em jogo simples, no escuro, multiplicado para oito concursos, a chamada teimosinha. 
Com isso, evito filas e participo sempre. Significa que a cada concurso minhas chances, ainda que ínfimas, se renovam.
Até hoje... (clique em "mais informações" para ler mais)
não ganhei um grande prêmio. O mais compensador foi uma quina, na megasena. Se não foi muito, ao menos garantiu colocar a casa em ordem. 
Também não perco muito, mas mantenho a esperança.
O que faria, se ganhasse o grande prêmio? Trabalharia, é claro: o tédio é mau companheiro e adoro lidar com o Direito. 
Também ajudaria minhas filhas e a família; compraria outros terrenos, para plantar mais árvores e semear novos jardins (é mania, né?) 
Contrataria planos de saúde de qualidade para mim e minha família. Afinal, quero todos vivos e bem por muito tempo. Check up geral para todos e assistência de primeira. 

Se Deus me premiasse não poderia ser omissa: uma boa parte seria revertida para o bem social: há tanta gente que sofre e precisa e tantas organizações que fariam tão bom uso de uma soma substancial que é até difícil escolher: Hospital do Câncer de Barretos, Graac, Casas André Luiz. Existe muita gente fazendo coisas boas. 
Já sou muitíssimo grata por tudo o que tenho e não é pouco: família, amigos encantadores, um marido maravilhoso, uma bela casa, um bom emprego. Por que jogar? 
Não esbanjaria. Não preciso de roupas de grife, de automóveis caros, de viagens deslumbrantes. 
Jogo para fazer a diferença na vida das pessoas que amo e, infelizmente, não posso agora contribuir materialmente de maneira efetiva, e na vida de pessoas que nem conheço, mas que seriam mais felizes com melhores recursos, destinados a organizações sérias e confiáveis. 
Sinto, em meu íntimo, como se já tivesse ganho. Depois de ser aprovada no concurso de remoção, vou trabalhar a cem metros das ondas de um mar transparente, semeado de conchas e estrelas do mar (tá bom, sei que são "bolachas do mar"), em um lugar maravilhoso (Itanhaém), e morar em uma casa com um quintal enorme, onde dezenas de árvores frutíferas e diversos jardins magníficos se harmonizam e me esperam. Com direito, ainda, a horta  planejada e uma pequenina roça. 
Ar puro, mar, natureza, frutos e legumes frescos, pescaria nos finais de semana, estar com quem amo, em harmonia, passeios em locais fascinantes, o que mais posso desejar?
Ah, há sempre mais a desejar! O bem, o belo, o justo, o sorriso nos lábios e nos olhos de quem a gente ama. Saúde, paz, prosperidade.
Continuarei jogando. Quem sabe um dia?
Seja leal. Respeite os direitos autorais. 
Faça uma visita aos blogs. Terei prazer em recebê-lo. Seja um seguidor. Para acompanhar as publicações, clique na caixa “notifique-me”:
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week! 
Maria da Glória Perez Delgado Sanches

WHAT WOULD YOU DO IF won the lottery? AH! IF I FEEL AS I HAVE GAIN! I play the lottery.
Do not rush to give or to play: make my leap of faith in simple game, in the dark, multiplied to ...
¿QUÉ HACER SI ganado la lotería? AH! SI ME SIENTO COMO TENGO GAIN! Puedo jugar a la lotería. No se apresure a dar o jugar: hacer mi acto de fe en el juego simple, en la oscuridad, multiplicado para ...
Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG